Você assume responsabilidades? por Catarina Spagnol

No texto de hoje abordarei de uma forma resumida o planeta Saturno, que oferece um dos ciclos planetários mais “temidos”, devido ao processo de desestruturação, muitas vezes intenso, que ele nos direciona.
Quem nunca ouviu falar nos famosos ciclos de Saturno?
Seu ciclo mais significativo acontece por volta dos 28 aos 30 anos de idade. Deixei esse espaço de tempo, pois acho difícil especificar uma data exata devido à experiência individual e particular de cada um, e também as diferentes possibilidades de manifestações e ajustes.
O primeiro ciclo de Saturno é quando ele, após dar um longo “passeio” pelos outros setores do mapa, retorna ao ponto que estava quando nascemos, onde assumimos (em outro plano) um comprometimento.
A consciência de Saturno representa os objetivos da nossa Alma, e está fortemente ligada a nossa missão (ao topo da montanha que escolhemos subir).
Saturno simplesmente exige de nós responsabilidade, ética, trabalho, maturidade, foco, objetivos de vida e disciplina (no que diz respeito a esses objetivos). E o setor que ele se posiciona no mapa astrológico é onde temos que assumir essa postura diante da vida. Parece simples, mas não é. Não é justamente porque essa “postura” de responsabilidade no setor em que ele se encontra exige de nós um enorme esforço (afinal, escalar uma montanha não é nada fácil). E é por  isso que algumas literaturas mencionam Saturno como um planeta limitador. É como se ele nos “sufocasse” dentro daquele espaço.
Ele espera até que tenhamos desenvolvido a maturidade necessária para assumir responsabilidades (tecnicamente com 28 anos, por isso a cobrança maior nesse período) e se não estamos “orientados” e sintonizados com aquilo que ele exige de nós, tudo aquilo que tínhamos como base e estrutura de vida desmorona, e então temos que nos estruturar novamente, criar uma nova base, mudar nosso foco, ter em vista outros objetivos, assumir  responsabilidades e principalmente, nos comprometer com nosso amadurecimento.
Acredito que o sofrimento maior que acontece nos ciclos de Saturno e também ao local em que ele se posiciona no nosso Mapa Astral é porque não compreendemos o que ele realmente quer de nós. E aqui se faz necessário o conhecimento do mapa astral, e digo isso por experiência própria, pois se eu tivesse o conhecimento que tenho hoje (a respeito do que ele exigia de mim) quando passei meu primeiro ciclo de Saturno (cá entre nós não foi nada fácil!) tudo se tornaria muito mais claro. Hoje penso “ah era isso então!”, mas quando estamos vivenciando seu ciclo realmente passamos pela sensação de estarmos sem base, pois tudo aquilo que tínhamos como estrutura desaba, e quando não compreendemos as razões tudo se torna confuso e o sofrimento é imenso.
O processo de desestruturação nos ensina a sermos responsáveis, nos coloca em movimento para caminharmos em busca de novos horizontes. Ser responsável significa assumir uma postura de comprometimento com aquilo que sabemos ser o certo e agir de acordo com aquilo que sabemos e estamos capacitados. Responsabilidade é responder de acordo com nossa habilidade. E será que fazemos isso?
Entender o carma é fundamental para compreender o que Saturno deseja de nós. Carma vem do sânscrito “Karman”. É uma palavra que está ligada ao conceito de ação e reação. (Fonte: site origem da palavra).
Ele é considerado o planeta do carma porque cobra de nós a ação responsável diante um determinado setor na vida. E quando não estamos efetuando a ação responsável, desafiando sua autoridade,  ele nos cobra radicalmente uma mudança de atitude, que geralmente vem acompanhada da desestruturação que mencionei acima. Saturno não aceita nossas máscaras, ele enxerga além.
O mais importante de compreender é que Saturno nos impõe algo que já temos potencial para assumir, mesmo que não reconheçamos esse potencial. E esse potencial pode ter surgido de uma condição que já vivenciamos ou uma experiência que já vivemos (lembre-se que ele está relacionado ao carma). O que considero realmente maravilhoso em relação a Saturno é que quando compreendemos o que é exigido de nós e aceitamos viver de acordo com essa exigência, assumindo a “dívida” que temos para com ele num determinado setor, o peso da sua cobrança diminui e conseguimos transcender seus limites. É como uma conta que temos que pagar, enquanto não efetuamos o pagamento o cobrador continuará efetuando seu papel, que é simplesmente cobrar.
Quando estamos desconectados daquilo que nos comprometemos a assumir uma enorme sensação de vazio chega até nós,um vazio que pode nos levar até mesmo para um período de depressão. Geralmente, escrevo sobre os Planetas nos Signos, mas dessa vez farei diferente, abordarei de forma simples Saturno em cada uma das casas, sem levar em consideração o Signo da mesma. Para que você se reconheça aqui é necessário saber a casa astrológica em que ele está posicionado no seu Mapa Natal. Você pode gerar seu mapa astral natal em vários sites especializados (minha sugestão para você é fazer no site www.astro.com)

E indiferente de estarmos vivenciando seu ciclo ou não, devemos assumir a responsabilidade que Saturno exige de nós. Lembro novamente que o que escrevo aqui é somente um pequeno resumo (muitas outras características se encaixam aqui), e que não levo em consideração inúmeros outros fatores que são fundamentais na análise, tais como o Signo em que ele está, os aspectos que ele forma, o signo que ele rege, bem como outras questões.  Uma interpretação pessoal do mapa astral poderá oferecer uma compreensão mais completa. Como sempre digo, consulte sempre um Astrólogo.

SE O SEU SATURNO ESTÁ NA… Você…
Casa 1 Deve aprender a desenvolver a responsabilidade pela sua própria personalidade. Assumir quem é, definir o que gosta, enfim, manifestar-se corajosamente de acordo com o que emana do seu ser.Você aceitou a responsabilidade de assumir sua força interior.

Deve aprender a desenvolver a auto estima, afinal, você é o único responsável por si mesmo.

Casa 2 Deve aprender a desenvolver a responsabilidade pelo seu próprio sustento, aprender a respeitar a matéria e desenvolver valores positivos em relação ao material.Necessário também a aprender a desenvolver o senso de auto valor, aprendendo a sentir-se merecedor.
Casa 3 Dever aprender a desenvolver a boa comunicação.Para você é imprescindível se comunicar, falar o que pensa.

Também é importante para você agir de acordo com aquilo com que fala, e assumir a responsabilidade pelas suas próprias palavras…

Também possui uma responsabilidade em desenvolver novos estudos e aprendizados.

Aprenda a estar sempre reciclando conhecimento.

Casa 4 Deve aprender a desenvolver a responsabilidade pelos seus mais profundos sentimentos. Conhecer aquilo que te “anima”.Aprender a se nutrir de boas emoções e a desenvolver a sensibilidade e o potencial intuitivo.

Deve também aprender a desenvolver uma boa relação com os familiares, entendendo que ninguém “cai” de paraquedas numa determinada família.

Casa 5 Aprender a desenvolver a responsabilidade pela sua identidade.Desenvolver brilho, alegria, potencialidades e dons.

Você se comprometeu a se “destacar”, não tente ficar no anonimato.

Casa 6 Você se comprometeu a trabalhar para aperfeiçoar seu ser e desenvolver suas potencialidades. Também assumiu a responsabilidade de aceitar as suas limitações e de compreender que as “imperfeições” fazem parte de uma ordem superior do Universo.Seus frutos serão colhidos quando você trabalhar arduamente e com dedicação.

Você se comprometeu a incluir na sua rotina diária a seguinte frase: “não deixe para depois o que pode fazer agora”.

Casa 7 Você se comprometeu a compreender e a sempre olhar para o outro, encontrando um ponto de equilíbrio entre as suas necessidades e as necessidades das pessoas com as quais você se relaciona. Suas relações devem ser sempre responsáveis. Não tente “passar a perna” ou enganar.
Casa 8 Deve aprender a assumir a responsabilidade pelo seu controle emocional, assumir a autonomia pelo seu potencial psíquico, se abrindo para a capacidade de auto transformação interior, se desapegando de tudo aquilo que não corresponde aos seus valores.
Casa 9 Se  comprometeu a desenvolver um verdadeiro religar.Sua responsabilidade está em filosofar sobre um real e sincero sentido para a vida, enxergando o que está além da matéria.

Também assumiu a responsabilidade em se libertar de crenças profundamente enraizadas.

Casa 10 Se comprometeu a desenvolver sua missão de Alma. Aqui Saturno se encontra em sua própria casa, e exige ainda mais uma responsabilidade social em relação a desenvolver sua missão, até mesmo como vocação profissional.
Casa 11 Deve aprender a desenvolver uma visão mais holística em relação a humanidade, aprendendo a se inserir em grupos que estejam sintonizados com seus ideais e utopias de vida, batalhando em prol do coletivo.Revolucionar padrões está entre suas responsabilidades.
Casa 12 Você se responsabilizou em se libertar de todo o aprisionamento interior gerado pelo signo em que saturno se encontra.Aqui um processo profundamente inconsciente atua em você, porém você se comprometeu a atuar com responsabilidade perante a esse conteúdo emocional.

É preciso ancorar nossos potenciais. Vivencia-los. Trazê-los para a nossa realidade diária. Conseguimos transcender os limites impostos por Saturno quando aceitamos humildemente que temos uma dívida ali, e assumimos a responsabilidade de manifestar na vida as características que ele nos impõe. Atuar com as características que Saturno exige de nós (e que escrevi acima) realmente não é fácil, mas é essencial. Espero que a partir desse texto eu tenha plantado uma semente positiva em sua vida.

Até a próxima!

Catarina Spagnol
(Astrologia & Terapia Floral)
Tel: (19) 97199566
E-mail: catarinaspa@yahoo.com.br

Esse post foi publicado em Pensamentos Astrológicos e marcado . Guardar link permanente.

11 respostas para Você assume responsabilidades? por Catarina Spagnol

  1. Lala disse:

    Impressionante, meu Saturno é da casa IX e faz conjunçao com Plutão em libra. Fiz filosofia, agora curso psicanálise, e pretendo um mestrado em neurociencias comportamental.
    Fora tds cursos alternativos q já fiz..
    kkkkkkk Eu preeeeeeciso entender!!!

    Só q são retrógrados os queridos

  2. Ana Carolina Coutinho disse:

    Mto massa! Pela primeira vez vejo algo positivo do Saturno na casa 5 – Alegrou meu dia!
    \o/
    Por favor, faça o Saturno nos signos também.
    Valeu!

  3. Tatá disse:

    Fechou muito com o que passei, realmente se soubesse o que era necessário teria sido menos pesado, as lições do saturno, apanhei muito e acho que agora 5 anos depois da revolução estou trabalhando o meu saturno que está em conjunção com meu ascendente. Parabéns a Catarina pelo excelente texto e a astrologia depressão sempre com textos maravilhosos, agora vou trabalhar para ficar de bem com o meu Saturno.

  4. Rute Maia disse:

    o meu saturno e na casa 10 no meu mapa natal, e quase sempre priorizo o trabalho, mas agora nessa revolução solar deu que ele estava passeando pela casa 7, e por incrível que pareça, ele esta me cobrando uma companha, Agora imagina quando vier para ”casa natal” dele no meu mapa nem quero ver no que vai dar!!

  5. Grazieli Marinho disse:

    Caramba! To impressionada! Tenho Saturno na casa XII em Capricórnio, e nunca antes tinha compreendido essa missão com tal entendimento e clareza!

  6. Filipe disse:

    Amei esse post!!! Até pq saturno é tipo, super presente na minha vida! rs E o posicionamento dele no meu mapa é algo muito visível pra mim desde muito cedo (está na casa II), acho isso impressionante… Mas me tirem uma dúvida, se possível! O fato de saturno estar domiciliado/exaltado e da pessoa ter saturno forte no mapa (sol, stellium em capricornio/aquario, por exemplo), facilita no retorno de saturno? essas pessoas já são mais “treinadas” nas restrições, digamos assim?

  7. Bruna Moraes disse:

    Olha tenho saturno na casa V. Bom sou tudo q diz ali em cima e mais um pouco.Sou deprimida, reprimida nao tenho criatividade. Ou sei lá tenho mas nao sei onde que está hehe deve estar bem escondido bem … :/ Mas me diz o que tenho q fazer para conseguir mudar isso? Tem algum profissional que eu possa procurar para me ajudar nisso ? Porque que sozinha não consigo. Não sei :/

  8. Juliana disse:

    Saturno na Casa II e Sol na XII é super legal. :-[

  9. Caio disse:

    Bem, diz que na XII “Você se responsabilizou em se libertar de todo o aprisionamento interior gerado pelo signo em que saturno se encontra.” a Catarina diz que costuma escreve sobre Saturno nos signos, tem algum link dos textos que ela escreve? Não entendo até hoje Saturno em Aquário. À propósito excelente texto.

  10. Vinícius "César" disse:

    Dúvida: Meu Saturno está na casa 1 (finalzinho da casa 12 colado com meu ascendente). Isso me limita a assumir apenas a missão dessa casa? É que eu também me identifiquei com as missões das casas 9, 11 e 12.

  11. Marinês Marcos Spacek disse:

    Olá!
    Tenho saturno conj mercúrio R na oitava, a alguns graus da cúspide da nona casa. Como devo ler??? Vale para as duas casas?
    Grata

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s